Alvanista é uma rede social para apaixonados por jogos eletrônicos, da qual sou co-fundador. Emplacar um produto primariamente social não é uma tarefa fácil – muitas vezes o valor deste produto só é percebido quando muita gente o está utilizando. Sendo assim, cria-se uma situação muito ruim: você precisa de muitos usuários ativos, mas os usuários só usarão se já tiver muitos utilizando. Não existe um caminho só para se chegar lá, o que acredito que exista são muitas opções de caminhos, muitos deles paralelos, que você pode tomar para ajudar a fazer seu produto pegar tração.

Um desses caminhos é a otimização da taxa de conversão. Muitos possíveis usuários “caem” na nossa Landing Page (ou, se preferir, sua página inicial – para usuários que ainda não estão autenticados). Uma parcela destes não chega a se cadastrar nem se autenticar no seu serviço – eles simplesmente abandonam. A ideia é fazer com que sua Landing Page diminua esta parcela o máximo possível. Isso vai resultar em mais usuários cadastrados e, se você tiver um bom fluxo de engajamento para estes novos usuários, vai resultar em mais usuários ativos – o que, para muitos serviços sociais, é uma das métricas mais importantes.

Existem algumas estratégias para aumentar essa taxa, e uma das mais eficientes são os chamados Testes A/B. Eles funcionam de uma forma bem simples:

  1. Você define uma métrica a ser observada. Por exemplo, taxa de cliques no botão de “Cadastrar”.
  2. Você vai separar os usuários que irão observar determinada página/botão/seção em dois grupos: B. Você então irá exibir uma página/botão/seção para o grupo A, e outra para o grupo B.
  3. Depois de um tempo, você irá coletar os dados de cliques no botão de “Cadastrar” do grupo A, e do grupo B.
  4. Quem tiver a melhor taxa de cliques/exibição é um ótimo candidato a vencedor – isso cabe a você decidir.

Pareceu interessante? Pretendo compartilhar um caso real de utilização disto, na esperança que isso seja de valia para outros empreendedores que estão buscando melhorar a eficiência do seu processo de signup.

Esta é a história de como nós otimizamos a taxa de conversão da Landing Page da Alvanista, durante o período que compreende os meses de agosto e o início de setembro de 2013.

A Primeira Experiência: Link vs Lightning

Landing Page da Alvanista em Julho/13

Landing #1: Landing Page da Alvanista em Julho/13

Nós, assim como Robin Williams, somos fãs de The Legend of Zelda. Naturalmente, nós queríamos homenagear essa franquia que tanto amamos na nossa Landing Page. Porém, não é só por isso que o Link está lá. Ele foi o campeão dentre vários personagens que utilizamos para ilustrar nossa Landing Page em tempos passados, resultados de Testes A/B, também.

A ideia dessa Landing page, que irei chamar de Landing #1, era remover distrações e apostar na curiosidade do usuário para entrar no serviço – visto que criar uma conta na Alvanista é gratuito, isso parecia coerente. Nossas inspirações foram as landing pages de serviços como o Twitter e o Tumblr. Os seus resultados, em relação à Landing anterior, foram satisfatórios.

Porém, por volta do início de agosto, depois de muito ler sobre o assunto no fantástico Quora, comecei a pensar que poderia haver um modelo de Landing Page que seria mais eficiente para a Alvanista. Iniciei o processo de redesign, e resolvi testá-las paralelamente em um Teste A/B. Esta é a candidata à nova Landing Page, que irei chamar de Landing #2:

Alvanista - Criar Conta

Landing #2

A ideia dessa nova Landing Page é utilizar uma imagem de splash e um botão de ação destacado, como também era na Landing #1, e apresentar o que a Alvanista oferece na parte de baixo da página, para agradar também os usuários que não criavam contas só por curiosidade, como era o caso da Landing #1. A Landing #2 é bem maior verticalmente, cortei só um pedaço dela para ilustrar a postagem – mas a proposta é ter uma área grande, limpa e ilustrativa apresentando cada uma das funcionalidades da Alvanista.

Optei por utilizar a Lightning, personagem de Final Fantasy XIII, por acreditar que ela se encaixa melhor na paleta de cores do site. Além de que, tenho certeza de que vocês irão concordar comigo, a imagem é belíssima. E beleza é fundamental, não é?

De um lado, temos a Landing #1, e do outro temos a Landing #2. Afinal, quem se saiu melhor no Teste A/B?

Resultados:

  •  Landing #1 teve uma taxa de conversão de 4.72%
  • Landing #2 teve uma taxa de conversão de 7.71%
  • A Landing #2 teve um aumento de 63.32% de conversão, em relação à Landing #1. Isso quer dizer que, a cada 10.000 cadastros feitos na Landing #1, a Landing #2 faria, hipoteticamente, 16.332.

Então, a Lightning ganhou do Link. Ganhou com propriedade, se me permite. Ficamos muito satisfeitos com o resultado, mas continuei achando que poderia tornar ela ainda melhor. Pouco tempo depois, criei uma segunda proposta para concorrer com a Landing #2 em outro Teste A/B.

A Segunda Experiência: Criar Conta vs Continuar

Será que “Criar Conta” é a melhor maneira de dispor o link de criação de conta? Parece a mais intuitiva, certamente. Mas, acreditava que existia uma outra maneira que fosse bem mais eficiente. Na Alvanista, oferecemos 3 opções de cadastro para os usuários: via FacebookTwitter ou E-mail. Destas, a nossa preferida é via Facebook, pois gera um cadastro mais higiênico, com uma boa foto e com muitos dados já preenchidos. Para o cadastro via e-mail, é necessário que o usuário preencha alguns campos e que confirme seu e-mail.

A ideia é: estimular o cadastro via Facebook, e diminuir a impressão de o usuário “ter que criar uma nova conta só pra ver como é esse site”. Esta é a nova proposta, que chamarei de Landing #3:

A mudança foi no botão de "Criar Conta"

Landing #3

Pra quem não reparou, a mudança foi no botão de “Criar Conta”. Ele agora virou “Continuar”, que faz o cadastro direto pelo Facebook. Para quem quiser cadastrar por e-mail ou Twitter, dispomos os links abaixo do botão.

Colocamos a Landing #2 para correr junto com a Landing #3 em um Teste A/B, e isso é  o que aconteceu:

Resultados:

  • Landing #2 teve uma taxa de conversão de 6.07%
  • Landing #3 teve uma taxa de conversão de 17.78%
  • Landing #3 teve um aumento de 192.71% de conversão, em relação à Landing #2. Isso quer dizer que, a cada 10.000 cadastros feitos na Landing #2, a Landing #3 faria, hipoteticamente, 29.271.

É importante aqui ressaltar um detalhe: existe um certo ruído nos números da Landing #3: ela irá quantificar os cliques nos botões de ContinuarCadastrar via E-mail e Cadastrar via Twitter. O problema é: muitos usuários irão utilizar o botão de Continuar para fazer login via Facebook, e não serão, então, novos usuários – mas serão quantificados como clique, mesmo assim. Sendo assim, teremos que cruzar os resultados deste teste com números de signups para obter um resultado mais preciso.

Após cruzar estes resultados, posso afirmar que a Landing #3 é a mais eficiente. Ela não só aumentou significativamente a taxa de cadastros, como também aumentou a taxa de usuários que se cadastravam pelo Facebook, o que é ótimo para nós.

And, in the end…

Se você tem um produto de internet e aumentar a taxa de conversão irá impactar positivamente seu rendimento, utilizar Testes A/B para otimizar a conversão da sua Landing Page pode ser uma alternativa barata e eficiente para isso. Converse com sua equipe de Design para que ela pesquise e crie propostas diferentes, e tenha sua equipe de mágicos programadores de prontidão para implementar estas propostas em forma de Testes A/B, e você deverá colher ótimos resultados.